PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Histórico

Categorias

Prisão de Lula não muda a economia no curto prazo

Gesner Oliveira

09/04/2018 16h45

A economia está blindada no curto prazo em relação à confusão da política. Isso vale até para a prisão de Lula que compreensivelmente teve enorme impacto no plano político.

A continuidade da recuperação da economia em 2018 está praticamente dada.  As condições para uma expansão do PIB ligeiramente superior a 3% neste ano estão garantidas. Isso se deve a quatro fatores principais. Em primeiro lugar, a capacidade ociosa ainda é elevada, algo próximo a 24% na indústria de transformação.

Em segundo lugar, diminuiu o grau de endividamento das empresas e das famílias, permitindo um aumento dos gastos privados.

Em terceiro lugar, a inflação abaixo de 3% ao ano, um recorde de baixa desde a edição do Plano Real, abriu espaço para mais um corte na taxa básica de juros, a Selic.

Por fim, a situação de folga nas contas externas com um volume de reservas internacionais de quase US$ 380 bilhões evita maiores oscilações do dólar. Isso explica porque grandes choques na política em 2018 não repercutem fortemente no preço do dólar e consequentemente na inflação.

Tal estabilidade no curto prazo não deveria nutrir a ilusão de que está tudo bem. Há uma percepção clara de que a economia não vai continuar a crescer se as contas do governo não forem arrumadas. E isso depende do próximo governo. A questão chave, portanto, é saber qual a chance da administração que assumir em 2019 prosseguir no ajuste da economia. O resto é passado.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Gesner Oliveira é ex-presidente da Sabesp (2006-10), ex-presidente do Cade (1996-2000) e ex-secretário de Acompanhamento Econômico no Ministério da Fazenda (1995) e ex-subsecretário de Política Econômica (1993-95). É doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley), sócio da GO Associados, professor de economia da FGV-SP e coordenador do grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da FGV. Foi eleito o economista do ano de 2016 pela Ordem dos Economistas do Brasil (OEB).

Sobre o blog

Você entende o que está acontecendo agora na economia? E o impacto que a macroeconomia tem sobre sua vida? Quando o emprego voltará a crescer? Como a economia impacta sobre o meio ambiente? Vale a pena abrir uma franquia? Investir em ações da Petrobras? Este blog se propõe a responder a questões desse tipo de maneira didática, sem economês.

Gesner Oliveira