IPCA
0.11 Ago.2019
Topo
Blog do Gesner Oliveira

Blog do Gesner Oliveira

Categorias

Histórico

Ao que interessa: trabalhar!

Gesner Oliveira

29/03/2019 13h47

A taxa de desemprego voltou a aumentar em fevereiro. É sazonal: nesta época do ano, o índice sobe como reflexo do ciclo de dispensas que começa em dezembro e costuma escalar até o fim do primeiro trimestre de cada ano. O desafio é derrubar a curva o quanto antes e voltar a gerar empregos em maior velocidade.

No trimestre terminado em fevereiro, a taxa de desocupação foi de 12,4%.  Em relação ao mesmo trimestre do ano passado, houve uma pequena queda de 0,2 ponto percentual (pp). Na comparação com o trimestre imediatamente anterior (setembro a novembro de 2018), houve alta de 0,8 pp. O pico histórico continua sendo o do primeiro trimestre de 2017.

Há 13,1 milhões de desempregadas no país. Incluindo a população subutilizada e de pessoas desalentadas, este número sobe para quase 28 milhões de indivíduos sem trabalho, equivalente a uma em cada quatro pessoas em idade ativa.

Pode parecer contraditório que o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) tenha apontado desempenho excepcional do mercado de trabalho em fevereiro. Foram gerados 173 mil novos postos no mês, o melhor resultado em cinco anos, conforme divulgado no início da semana.

É urgente, portanto, desanuviar o horizonte para que os investimentos necessários para aumentar a atividade e gerar empregos voltem a acontecer.  Mas isso só vai acontecer quando Brasília acertar seus ponteiros e votar a reforma da Previdência, única forma de espantar o risco de crise fiscal que ameaça tragar as contas públicas e levar junto a economia.

Os resultados do IBGE, associados às imagens de filas quilométricas de pessoas à procura de oportunidades que jornais e TVs estamparam nesta semana, devem servir de alerta.

A hora é de ater-se ao que interessa, criar as condições para que o país volte a crescer, gerar empregos e dar alento a quem só quer uma coisa – trabalhar.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Gesner Oliveira é ex-presidente da Sabesp (2006-10), ex-presidente do Cade (1996-2000) e ex-secretário de Acompanhamento Econômico no Ministério da Fazenda (1995) e ex-subsecretário de Política Econômica (1993-95). É doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley), sócio da GO Associados, professor de economia da FGV-SP e coordenador do grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da FGV. Foi eleito o economista do ano de 2016 pela Ordem dos Economistas do Brasil (OEB).

Sobre o blog

Você entende o que está acontecendo agora na economia? E o impacto que a macroeconomia tem sobre sua vida? Quando o emprego voltará a crescer? Como a economia impacta sobre o meio ambiente? Vale a pena abrir uma franquia? Investir em ações da Petrobras? Este blog se propõe a responder a questões desse tipo de maneira didática, sem economês.