IPCA
-0.04 Set.2019
Topo
Blog do Gesner Oliveira

Blog do Gesner Oliveira

Categorias

Histórico

Com marasmo da economia, impulso no comércio depende do Dia das Mães

Gesner Oliveira

09/05/2019 17h34

Mais uma decepção com os indicadores econômicos foi divulgada hoje pelo IBGE: as vendas do comércio varejista brasileiro cresceram 0,3% em março, contra 1% de expansão esperada pelo mercado.  Só um choque de expectativas na economia pode romper o atual marasmo.

Quando a recuperação começou no governo Temer, em 2017, foi útil usar alguns gravetos para fazer o fogo da economia pegar. A liberação de contas inativas do FGTS e do PIS/Pasep ajudou a recuperar o consumo em um momento no qual as famílias estavam asfixiadas pelas dívidas.

A situação melhorou, a recuperação resistiu aos choques do escândalo Joesley Batista e à greve dos caminhoneiros, mas a retomada pra valer não veio.

Agora não há muito mais coelho para tirar da cartola. Não há espaço para estímulos fiscais, e as famílias continuam endividadas, embora o pior da crise já tenha passado. O choque positivo de expectativa terá de vir da aprovação da reforma da Previdência.

Nesse quadro de lenta recuperação, as vendas do comércio dependem de algumas datas cruciais para o comércio. Um exemplo disso é a expectativa sobre o aumento de vendas no Dia das Mães, o 'Natal do primeiro semestre'. A Confederação Nacional do Comércio (CNC) estima alta real de 3,8% das vendas nesta ocasião.

Se se confirmar a expectativa da CNC, vai haver um bom número de contratações temporárias: 22,1 mil postos de trabalho. Uma pequena ajuda em um país com 27 milhões de desocupados, total ou parcialmente, e desalentados, que já desistiram de procurar trabalho.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Gesner Oliveira é ex-presidente da Sabesp (2006-10), ex-presidente do Cade (1996-2000) e ex-secretário de Acompanhamento Econômico no Ministério da Fazenda (1995) e ex-subsecretário de Política Econômica (1993-95). É doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley), sócio da GO Associados, professor de economia da FGV-SP e coordenador do grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da FGV. Foi eleito o economista do ano de 2016 pela Ordem dos Economistas do Brasil (OEB).

Sobre o blog

Você entende o que está acontecendo agora na economia? E o impacto que a macroeconomia tem sobre sua vida? Quando o emprego voltará a crescer? Como a economia impacta sobre o meio ambiente? Vale a pena abrir uma franquia? Investir em ações da Petrobras? Este blog se propõe a responder a questões desse tipo de maneira didática, sem economês.