IPCA
0.19 Jul.2019
Topo
Blog do Gesner Oliveira

Blog do Gesner Oliveira

Categorias

Histórico

Caso Moro dificulta, mas não impede a reforma da Previdência

Gesner Oliveira

10/06/2019 18h32

O vazamento das conversas entre o ministro Sérgio Moro e o Ministério Público não ajuda a economia. O caso pode dificultar a tramitação da reforma da Previdência, na medida em que desgasta uma figura icônica do governo e reforça a narrativa de que o então juiz Moro teria sido parcial no processo que condenou o ex-presidente Lula.

Não é por acaso que tenha sido divulgado no momento em que a tramitação da reforma da Previdência avança no Congresso. E no qual se prepara uma greve geral, proposta para o dia 14, sexta-feira.

A leitura do relatório da Previdência foi adiada.  Assim, é provável que não ocorra nesta semana, e na próxima pode ser difícil, visto que ela será mais curta em função do feriado de Corpus Christi. Logo em seguida será o auge das festas juninas. O Brasil está em profunda crise, mas o Congresso não abre mão de dançar quadrilha.

O boletim Focus apontou nova redução das expectativas de crescimento do PIB em 2019. A projeção atual é de um crescimento de 1%, registrando a 15ª queda seguida da projeção do PIB. Isso equivaleria a uma expansão menor do que a média anual dos últimos dois anos, que já foi medíocre (1,1%).

Resta o consolo de que a inflação deve surpreender para baixo em junho. O boletim Focus desta semana projeta um IPCA de 0,11% para o mês. Há uma semana o mercado projetava 0,24%. A queda do dólar e do preço do barril do petróleo, além da volta da bandeira verde na conta de luz devem resultar em deflação em junho (isto é,  taxa negativa de inflação).

Abriu-se uma fase decisiva. A aprovação da reforma da Previdência, ainda que em primeiro turno, será o sinal da virada. Se não ocorrer em junho, as dificuldades serão maiores, e as expectativas econômicas irão piorar. Porém, há uma boa chance de os ventos da economia mudarem para melhor no segundo semestre. Sempre com emoção.

Sobre o autor

Gesner Oliveira é ex-presidente da Sabesp (2006-10), ex-presidente do Cade (1996-2000) e ex-secretário de Acompanhamento Econômico no Ministério da Fazenda (1995) e ex-subsecretário de Política Econômica (1993-95). É doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley), sócio da GO Associados, professor de economia da FGV-SP e coordenador do grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da FGV. Foi eleito o economista do ano de 2016 pela Ordem dos Economistas do Brasil (OEB).

Sobre o blog

Você entende o que está acontecendo agora na economia? E o impacto que a macroeconomia tem sobre sua vida? Quando o emprego voltará a crescer? Como a economia impacta sobre o meio ambiente? Vale a pena abrir uma franquia? Investir em ações da Petrobras? Este blog se propõe a responder a questões desse tipo de maneira didática, sem economês.