Topo
Blog do Gesner Oliveira

Blog do Gesner Oliveira

Categorias

Histórico

Mercado embarcou na candidatura Bolsonaro. Por enquanto.

Gesner Oliveira

18/09/2018 23h42

O mercado encontrou em Bolsonaro o candidato anti-PT. Na ausência de piora no cenário externo, as informações da última pesquisa Ibope devem repercutir positivamente nas expectativas econômicas, fazendo a Bolsa subir e o dólar cair.

Ironicamente, o crescimento de Haddad aumentou a chance de Bolsonaro subir a rampa do Planalto. Hoje, Haddad é o mais provável adversário de Bolsonaro no segundo turno e é aquele que Bolsonaro tem maior chance de derrotar.

Os números normalmente reportados sobre intenções de voto escondem as grandes mudanças nas chances de cada candidato vencer.

Isso fica claro nos últimos cálculos preparados com exclusividade para a GO Associados pelo Professor Sergio Wechsler, sócio da Numbers Care e professor do Instituto de Matemática e Estatística da USP.

A chance de Jair Bolsonaro vencer a eleição passou de apenas 2% em 10 de setembro para 49%, uma variação muito maior do que aquela verificada em suas intenções de voto.

Em contraste, a chance de Ciro Gomes vencer passou de 47% na semana passada para 1,6%. O candidato paulista ainda bate Bolsonaro no segundo turno, mas agora é menos provável que Ciro Gomes consiga chegar à final.

Alckmin já teve 12% de probabilidade de vitória e Marina,  23%. Hoje, ambos têm chance quase nula.

A preferência do mercado por Bolsonaro é pragmática. Trata-se de um candidato favorito que passou toda a responsabilidade de tocar a economia para um economista liberal.

Mas o jogo da eleição está em aberto. A chance de ele ser resolvido no primeiro turno é praticamente zero. Ainda há tempo para reviravoltas. Nas preferências dos eleitores e, claro, nas do volúvel mercado.

Sobre o autor

Gesner Oliveira é ex-presidente da Sabesp (2006-10), ex-presidente do Cade (1996-2000) e ex-secretário de Acompanhamento Econômico no Ministério da Fazenda (1995) e ex-subsecretário de Política Econômica (1993-95). É doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley), sócio da GO Associados, professor de economia da FGV-SP e coordenador do grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da FGV. Foi eleito o economista do ano de 2016 pela Ordem dos Economistas do Brasil (OEB).

Sobre o blog

Você entende o que está acontecendo agora na economia? E o impacto que a macroeconomia tem sobre sua vida? Quando o emprego voltará a crescer? Como a economia impacta sobre o meio ambiente? Vale a pena abrir uma franquia? Investir em ações da Petrobras? Este blog se propõe a responder a questões desse tipo de maneira didática, sem economês.