Topo
Blog do Gesner Oliveira

Blog do Gesner Oliveira

Categorias

Histórico

Haddad presidente seria Lula do primeiro mandato?

Gesner Oliveira

28/09/2018 22h30

Aumentou ainda mais a chance de Fernando Haddad tornar-se presidente. Bolsonaro lidera as intenções de voto para o primeiro turno, mas perde para qualquer de seus rivais no segundo. Se ambos os turnos da eleição fossem hoje, suas chances de vitória seriam estatisticamente nulas.

O Professor do Instituto de Matemática e Estatística da USP, Sergio Wechsler, sócio da Numbers Care, calculou com exclusividade para a GO Associados as seguintes probabilidades, a partir dos resultados do último Datafolha. Hoje, Haddad tem 99,21% de chance de, ao final, vencer a eleição; Ciro 0,55% e Alckmin, 0,22%.

Bolsonaro lidera, hoje, as intenções de voto no primeiro turno. No entanto, no segundo,  no qual estará com praticamente 100% de chance, perderia para todos os possíveis adversários. Ao contrário do lugar comum, o segundo turno não é uma outra eleição. A exemplo do que ocorre na teoria de jogos sequenciais finitos, o jogador antecipa a próxima rodada.

A reação do mercado financeiro aos resultados deste último Datafolha deveria ser negativa.  A enorme chance de uma vitória de um candidato abertamente antirreformista teria, em tese, impacto negativo sobre as expectativas econômicas.

Mas o mercado é pragmático. Se o favoritismo de Haddad se consolidar, a atenção deve se voltar a algo mais complexo: a uma eventual aproximação do candidato ao centro e à formação de uma equipe econômica parecida com aquela que acompanhou Lula em seu primeiro mandato.

Sobre o autor

Gesner Oliveira é ex-presidente da Sabesp (2006-10), ex-presidente do Cade (1996-2000) e ex-secretário de Acompanhamento Econômico no Ministério da Fazenda (1995) e ex-subsecretário de Política Econômica (1993-95). É doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley), sócio da GO Associados, professor de economia da FGV-SP e coordenador do grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da FGV. Foi eleito o economista do ano de 2016 pela Ordem dos Economistas do Brasil (OEB).

Sobre o blog

Você entende o que está acontecendo agora na economia? E o impacto que a macroeconomia tem sobre sua vida? Quando o emprego voltará a crescer? Como a economia impacta sobre o meio ambiente? Vale a pena abrir uma franquia? Investir em ações da Petrobras? Este blog se propõe a responder a questões desse tipo de maneira didática, sem economês.