IPCA
0.19 Jul.2019
Topo
Blog do Gesner Oliveira

Blog do Gesner Oliveira

Categorias

Histórico

Seja otimista com 2019, com moderação

Gesner Oliveira

27/12/2018 11h41

O brasileiro está mais confiante. Os índices de confiança de vários segmentos têm registrado aumento. A confiança do consumidor, do empresário industrial, do empresário de serviços e da indústria da construção têm recuperado. Faltava o comércio, que agora está se recuperando.

O setor encerra 2018 com alta expressiva no quarto trimestre. O Índice de Confiança do Comércio medido pela Fundação Getulio Vargas atingiu o maior valor desde abril de 2013.

As vendas neste Natal foram melhores que nos três últimos anos. A Associação Brasileira dos Lojistas de Shopping estimou que, no acumulado no ano, as vendas no segmento registraram um crescimento de 6% sobre 2017.

As perspectivas para 2019 são boas. A economia deve crescer mais de 3%, taxa superior ao 1,3% projetado para 2018. Isso se deve a uma combinação de capacidade ociosa, inflação baixa, juros reduzidos para padrões brasileiros, situação folgada das reservas internacionais e expectativas favoráveis.

É evidente que a continuidade desta melhora nas expectativas depende de um cenário externo que não seja de crise mundial profunda e que haja um avanço efetivo das reformas no Brasil.

Como o cenário externo é incerto e é sempre difícil conquistar maioria estável no Congresso Nacional, o novo governo terá de ser muito competente e ter uma boa dose de sorte.

Diante de tais incertezas, o consumidor deve ser conservador no planejamento de suas finanças pessoais em 2019. O primeiro teste ocorrerá em janeiro, quando o ano mal começou e já tem um monte de contas a pagar. O segredo é não fazer como o Estado brasileiro. Faça suas reservas nesta virada de ano para encarar as contas de 2019 sem cair na armadilha do endividamento.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Gesner Oliveira é ex-presidente da Sabesp (2006-10), ex-presidente do Cade (1996-2000) e ex-secretário de Acompanhamento Econômico no Ministério da Fazenda (1995) e ex-subsecretário de Política Econômica (1993-95). É doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley), sócio da GO Associados, professor de economia da FGV-SP e coordenador do grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da FGV. Foi eleito o economista do ano de 2016 pela Ordem dos Economistas do Brasil (OEB).

Sobre o blog

Você entende o que está acontecendo agora na economia? E o impacto que a macroeconomia tem sobre sua vida? Quando o emprego voltará a crescer? Como a economia impacta sobre o meio ambiente? Vale a pena abrir uma franquia? Investir em ações da Petrobras? Este blog se propõe a responder a questões desse tipo de maneira didática, sem economês.